Loading...

segunda-feira, 5 de maio de 2014

CADE O ARMAMENTO DA GM DE CAMPO GRANDE PREVISTO EM LEI

Suposto plano de execuções para Dia das Mães do PCC deixa PM, GM, BO, CV, PRF, AG PEN, TODOS SERVIDORES EM SEGURANÇA PUBLICA DO MS em alerta

 
     Uma ameaça de que até o próximo domingo, Dia das Mães, deverão ser executados no mínimo 30 policiais ou integrantes das forças de segurança, incluindo Polícia Militar, Polícia Civil, Guarda Municipal e agentes penitenciários, que teria partido da direção do Primeiro Comando da Capital, deixou em alerta máximo a segurança em Mato Grosso do Sul.
     A ação seria em represália à morte de dois dirigentes da facção criminosa na semana passada em confrontos em São Paulo. 
     Os órgãos de segurança publicado Estado afirmam que não há qualquer informação oficial a respeito do assunto mas os policiais estão trocando informações através das redes sociais, principalmente WhatsApp,solicitando que todos tenham o máximo de cuidado.
     As mensagens começaram a ser postadas entre servidores da polícia paulista, principalmente das cidades de Santo André, Diadema e São Bernardo do Campo. No entanto, espalhou-se rapidamente por todo o Estado e chegou aos policiais de Mato Grosso do Sul que continuam repassando a mensagem.
     O alerta chega inclusive a identificar placas de veículos que foram roubados recentemente no Estado de São Paulo e que seriam utilizados pelos criminosos para efetuar as execuções.
     “De maneira informal recebemos a informação de que esses carros roubados em São Paulo poderiam cruzar a divisa e vir para Mato Grosso do Sul. O pessoal está com atenção redobrada”, afirmou um policial de Campo Grande, que pediu para não ser identificado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário