Loading...

terça-feira, 22 de abril de 2014

TRANSFORMAR A POLITICA DE SEGURANÇA PUBLICA E VALORIZAR O TRABALHADOR....

SAUDAÇÕES AZUL MARINHO ESOCIALISTAS

CONTRA FATOS NÃO TEM ARGUMENTOS....VAMOS PARABENIZAR ESTE PREFEITO

 SALARIO BASE R$ 3.428,50. VAMOS PESQUISAR QTO ESTA CIDADE ARRECADA POR ANO......
AQUI A REALIDADE  É QUE NÃO SOMOS VALORIZADOS.
POLITICO QUE VALORIZA O TRABALHADOR NÃO ENROLA COM DESCULPINHAS ESFARRAPADAS ...... 

Guarda Municipal está oficialmente criada em Joinville

Prefeito assinou Lei Complementar nesta sexta-feira (20/12) pela manhã




     O prefeito de Joinville, Udo Döhler, assinou na manhã desta sexta-feira (20/12) a Lei Complementar que cria a Guarda Municipal, responsável pelo patrulhamento de parques, praças e no entorno das escolas. “É um momento muito especial para nossa cidade, um marco para Joinville”, definiu Döhler. Inicialmente, a Guarda Municipal atuará com um efetivo de 60 integrantes, que serão admitidos por concurso público a ser lançado em janeiro de 2014.
      A cerimônia foi realizada no Gabinete do prefeito e contou a presença do vice Rodrigo Coelho, de vereadores, secretários, diretoras de escolas e representantes de órgãos de segurança – o tenente coronel Adilson Michelli, subcomandante da 5ª Região Militar, André Ortega, comandante da Polícia Rodoviária Federal e Luiz Felipe Fuentes, delegado da Polícia Civil. 
     O prefeito lembrou que o reforço da segurança na cidade era um compromisso de governo e agradeceu o apoio dos vereadores na aprovação do projeto de lei. “Foi uma proposta construída com todos os segmentos da sociedade. A Guarda Municipal, com certeza, dará uma contribuição adicional aos órgãos de segurança da cidade”, reforçou Döhler. Ele acrescentou que a Guarda vai deixar nossas escolas mais distantes dos contraventores e dos traficantes.
     O secretário de Proteção Civil e Segurança Pública, Francisco José da Silva, informou que os novos agentes passarão por um curso de capacitação de 800 horas. O local deverá ser o 62º Batalhão de Infantaria e os instrutores serão especialistas de segurança de organismos como a Polícia Militar, Polícia Federal, Polícia Civil, Polícia Rodoviária Federal e Corpo de Bombeiros Voluntários. “Também contaremos com especialistas de Direitos Humanos”, acrescentou o secretário. A data para o início do trabalho da Guarda Municipal depende do andamento do processo do concurso público e de outros prazos. Francisco José da Silva acredita que até o final de setembro de 2014 possa ser possível colocar o efetivo nas ruas. 
     O patrulhamento será em períodos fixos e em escalas de plantão. A sede da Guarda Municipal deverá ser no prédio da antiga Prefeitura, na rua Max Colin, que também abrigará a Defesa Civil, a Secretaria de Segurança e a Central de Videomonitoramento. A Guarda já conta com equipamentos avaliados em R$ 4 milhões, doados pelo Governo Federal e que chegarão a Joinville nos primeiros meses de 2014.

NOVENTA DIAS DEPOIS.....

14/04/2013

Guarda Municipal de Joinville abre concurso público para 60 vagas

Inscrições custam R$ 44,80 e podem ser feitas até 14 de maio.
Conforme edital são oferecidas três vagas para pessoas com deficiência.

A Guarda Municipal de Joinville, no Norte de Santa Catarina, abriu concurso público para preencher 60 vagas. Os candidatos devem ter ensino médio completo e carteira habilitação da categoria “B”. São oferecidas 60 vagas, sendo que três delas são destinadas a pessoas com deficiência.
O período de inscrições inicia às 10h desta segunda-feira (14) e termina às 16h do dia 14 de maio. De acordo com o edital, o valor da inscrição é R$ 44,80.
A remuneração total dos aprovados, para 220 horas mensais é de R$ 3.428,50. Mais informações e inscrições estão disponíveis no site da organizadora do concurso.
O concurso tem validade de um ano e pode ser prorrogado pelo mesmo período. Ele será realizado em seis etapas: provas objetiva, de aptidão física, avaliação de saúde ocupacional, psicológica, pesquisa social e curso de formação profissional.
As provas objetivas estão previstas para 1º de junho. Elas serão compostas por 30 questões de língua portuguesa, matemática, atualidades e ciências humanas.
Os candidatos aptos nas provas e avaliações poderão assinar contratos temporários e então fazer o curso de formação profissional para a Guarda Municipal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário