Loading...

sábado, 14 de junho de 2014

ENQUANTO ISSO EM CURITIBA-PR!!!!!!

Guardas Municipais fazem operação surpresa no Terminal Guadalupe

 

Dezoito homens da Guarda Municipal de Curitiba realizaram na tarde desta sexta-feira (13) uma operação surpresa de abordagem no Terminal de Ônibus Guadalupe, localizado no Centro da cidade. A operação resultou em uma prisão por porte de drogas e averiguação de diversas pessoas que estavam no local. Comerciantes e frequentadores do terminal acreditam que esse tipo de ação melhora a segurança.
“É bom que eles venham, querendo ou não diminui crimes e melhora o comércio”, afirmou um trabalhador. Um usuário do sistema de transporte, que aguardava o ônibus, disse que deveria ter policiamento diário, especialmente no horário em que o terminal está cheio. A mesma opinião tem outra funcionária de um comércio local: “Deveria ter todo dia. Aqui tem malandragem de todo tipo”, afirmou. Os três entrevistados solicitaram que seus nomes não fossem identificados.

Guarda cidadã

A ação faz parte de um projeto que tem o objetivo de reforçar o papel comunitário da Guarda, aproximando a corporação da comunidade e devolvendo equipamentos e espaços públicos à população. “São os cidadãos que devem ocupar e utilizar esses locais com segurança. Estas e outras operações coordenadas reforçam o conceito de Guarda cidadã”, afirma o diretor da Guarda Municipal, inspetor Cláudio Frederico de Carvalho. No ano passado, a Guarda realizou mais de 720 operações surpresas em praças de Curitiba.
Outras ações lançadas pela Guarda, como o Módulo Móvel Itinerante (MMI), confirmam a tendência de aproximação da corporação com a comunidade. Desde o início de 2013, aproximadamente 1,5 mil guardas municipais passaram pelo estágio de qualificação profissional Bom Retorno, em um projeto inédito de reciclagem. Entre os assuntos abordados nos cursos periódicos de atualização estão noções sobre direitos humanos, estatuto do desarmamento e legislação; condução de viaturas, técnicas de abordagem, algemamento e patrulhamento; rádio comunicação; procedimentos operacionais e uso escalonado da força, entre outros.

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário